Voluntário deixa abandona as Olimpíadas: “Jamais compactuarei com o fim da liberdade de expressão”

O voluntário Luis Moreira decidiu deixar de participar das Olimpíadas, em protesto contra a determinação do Rio-2016 de proibir manifestações políticas durante os Jogos. Em um post no Facebook, Moreira criticou o que considerou o “fim da liberdade de expressão”. No sábado, um torcedor foi retirado do Sambódromo durante as provas de tiro com arco por agentes da Força Nacional de Segurança depois de exibir um cartaz com mensagem contra o presidente interino Michel Temer.

Outras casos semelhantes foram compartilhados em redes sociais, e o Comitê Rio-2016 afirmou que a determinação consta da Lei Olímpica, e que o objetivo é proteger o conceito olímpico de “arenas limpas”, sem interferências externas.

A publicação de Luís Moreira foi ao ar por volta das 17h30m e, por volta das 21h30m, tinha cerca de 11 mil curtidas no Facebook e aproximadamente 2.900 compartilhamentos.

Pelas regras dos Jogos, estão proibidos, além de cartazes de teor político, manifestações com qualquer tipo de mensagem comercial ou religiosa.

(O Globo)