Gleisi Hoffmann: Vamos continuar lutando juntos por um país mais justo!

Em meio a tantas notícias ruins que acompanhamos em 2016, o surgimento do Debate Progressista foi motivo para comemorarmos. A existência de uma imprensa livre e dinâmica é cada vez mais rara, mas fundamental para a nossa jovem e ameaçada democracia.  

Nós vivemos uma situação difícil na política brasileira, um momento de retrocessos muito grandes. Depois do afastamento ilegal e inconstitucional da presidenta Dilma Rousseff, a primeira mulher eleita para presidir o nosso país, assistimos agora no Brasil um golpe continuado contra os direitos sociais conquistados na Constituição de 1988 e que só foram consolidados nos governos Lula e Dilma. Esse golpe se dá principalmente contra aqueles que mais precisam do amparo do Estado: o aposentado, o dependente do SUS, o pai que tem filho em escola pública e os extremamente pobres.

Depois da aprovação da PEC 55, que congela e reduz as despesas do governo em programas essenciais como saúde, educação e assistência social, o massacre continua com a reforma da Previdência, que também vai afetar os mais pobres. A maldade desse governo desprovido do voto popular é imensurável.

Infelizmente, estamos dando passos para trás, que vão custar caríssimo ao povo brasileiro. Não medimos esforços para tentar barrar essas medidas, mas fomos vencidos por um Congresso que parece alheio à realidade do país.

Apesar de todas as dificuldades, não vamos desistir, pois não podemos permitir  que a democracia dê lugar a um novo tipo de totalitarismo. Esse mesmo sentimento de justiça é o que impulsiona o Debate Progressista, que desde o início se posicionou ao lado de todos os movimentos e causas sociais, sempre comprometido com a verdade e o bem-estar social. Quem acompanha o trabalho diário de vocês sabe que não há manipulação de fatos, mas o compromisso em se transmitir a informação de forma autêntica e íntegra.

Parabéns aos jornalistas e aos colaboradores do Debate Progressista pela competência e pelo compromisso com a ética. Que 2017 nos ajude a reconstruir o caminho da justiça e da igualdade no Brasil!


Leia mais