Início Notícias Senador Magno Malta é retirado de avião após bater boca com duas mulheres

Senador Magno Malta é retirado de avião após bater boca com duas mulheres

Magno Malta (PR-ES) foi retirado do avião onde acabara de embarcar no aeroporto internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília-DF. O senador – que votou pelo golpe contra a presidenta eleita, Dilma Rousseff – bateu boca com duas mulheres que se manifestavam contra ele dentro do avião, as manifestantes chamaram ele de golpista.




Por questão de segurança, o comandante do voo sugeriu que os três desembarcassem da aeronave e a Polícia Federal foi acionada. Magno Malta, em tom machista, reclamou da “histeria” das mulheres dentro da aeronave.

Os três foram liberados e seguiram em voos separados.

Assista ao relato do senador sobre o caso:


Leia também

Os 30 primeiros dias de Bolsonaro no Governo – Carta a um amigo Londrino

E aí Fernando Assunção, como estão as coisas por aí na Inglaterra? Por que aqui no Brasil …