Tribunal Regional do Trabalho do Espírito Santo ironiza a atuação dos ‘patetas’ do MPF contra Lula

O Tribunal Regional do Trabalho do estado do Espírito Santo fez uma publicação, em sua página no Facebook, informando que para fazer mover uma ação não basta contar uma história, é preciso que haja provas, que se mostre ao juiz que o objeto da denuncia se refere a algo que realmente aconteceu. A publicação é referente à Justiça do Trabalho, mas “alfineta” os procuradores espetaculosos do Ministério Público Federal.




Foi uma alusão direta à denuncia do Ministério Público Federal contra o ex-presidente Lula. Para ilustrar, o TRT-ES publicou um desenho, similar ao visto na apresentação em PowerPoint dos procuradores “patetas”, com várias setas apontando para a seguinte frase: “Na justiça do trabalho não basta ter convicção, tem que ter provas”.

Percebe-se que o “show” de quarta-feira (14) desmoralizou a figura do MPF e que os responsáveis merecem – no mínimo – um questionamento por parte da Corregedoria.

Confira abaixo:

csee8cexgaaso4_


Leia mais