Temer ‘passa o rodo’ e demite 70 funcionários do MinC

O Ministério da Cultura (MinC) exonerou 70 funcionários ligados à pasta em decisão publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (26). Entre os demitidos estão Olga Futemma, coordenadora-geral da Cinemateca Brasileira, de São Paulo, e Wagner Tiso Veiga, diretor do Museu Villa-Lobos, do Rio de Janeiro. 

A Cinemateca perdeu ainda outros quatro integrantes de sua cúpula. Foram exonerados os coordenadores Alexandre Myazito, do Centro de Documentação e Pesquisa; Adinael de Jesus, do Laboratório de Som e Imagem; Daniel Albano, de Planejamento e Administração; e Nacy Hitomi Korim, do Núcleo de Programação. Todos detinham cargos comissionados.

Além das demissões no instituto, que fica na Zona Sul da capital paulista, o MinC anunciou outros diversos cortes em secretarias e subsecretarias sob sua tutela em todo o país. Exonerações aconteceram também na ouvidoria da pasta, na Biblioteca Nacional, na Fundação Nacional de Artes, e até no gabinete do ministro Marcelo Calero.

(G1)


Leia mais