Temer manda instalar placas para esconder visitantes que chegam ao Jaburu

A denúncia contra o presidente Michel Temer está prestes a ser votada na Câmara dos Deputados e o peemedebista tem tentado articular para barrá-la. Acusado de corrupção passiva pela Procuradoria-Geral da República, Temer quer evitar que a imprensa identifique os visitantes que recebe em sua residência oficial, no Palácio do Jaburu, em Brasília.




De acordo com blog de Matheus Leitão, do G1, o governo mandou instalar na última semana um corredor de plantas em uma das laterais da estrutura coberta que liga a área de desembarque de carros até a entrada principal do palácio.

O colunista destaca que o corredor-verde formou uma barreira para as lentes de fotógrafos e cinegrafistas que estão de plantão em frente ao Jaburu para monitorar quem entra na residência do presidente.

Temer mora na residência oficial desde janeiro de 2011, quando assumiu a Vice-Presidência, e, segundo refere o texto, esta é a primeira vez que o corredor de acesso ao palácio é encoberto por plantas.

A publicação recorda ainda que, em março, Temer recebeu no Jaburu, sem registro na agenda oficial, o empresário Joesley Batista, um dos donos do frigorífico JBS, e responsável pela gravação da conversa que resultou na denúncia contra o peemdebista.

Via Notícias ao Minuto