Silvio Santos está envolvido na 42ª fase da Lava Jato

Ex-presidente da Petrobras e e do Banco do Brasil, Aldemir Bendine guardava, em casa, um envelope pardo, datado de 2013, enviado por Silvio Santos. O documento foi encontrado pela Polícia Federal em um dos endereços de Bendine, preso desde o último dia 27 pela Operação Cobra, a 42ª fase da Lava Jato.




Conforme a coluna Expresso, da revista Época, agentes federais encontram, ainda, uma pasta inteira sobre um hotel de Silvio Santos no Guarujá, incluindo o valor do imóvel, avaliado em R$ 286 milhões.

A Polícia Federal estaria trabalhando com a hipótese de que Silvio queria um empréstimo do Banco do Brasil e cogitava usar o hotel como garantia. O empresário não se manifestou sobre o “achado”. Bendine é suspeito de receber R$ 3 milhões em propina da Odebrecht.

Via Notícias ao Minuto