Senador pró-impeachment está internado em hospital de Brasília

O senador Wellington Fagundes (PR-MT) foi internado em um hospital de Brasília na noite deste sábado (27.ago) após sentir dores abdominais enquanto acompanhava a sessão de julgamento do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. O parlamentar foi diagnosticado com diverticulite, inflamação em uma estrutura interna do intestino.



De acordo com a assessoria de imprensa do senador, o quadro dele é estável, mas ainda não há previsão de alta. Desta forma, ainda é incerto se Fagundes participará da votação final do impeachment, prevista para acontecer entre terça e quarta-feira. O senador não declarou se apoia ou não o afastamento da presidente.

O senador foi vice-líder do governo Dilma no Senado, e, apesar de integrar a Comissão Especial do Impeachment, não participou da votação do relatório final dessa comissão, a cargo do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), favorável ao afastamento da presidente. Fagundes votou favoravelmente ao impeachment na primeira fase do processo e é o atual relator do orçamento de 2017, cargo concedido a ele já na gestão Temer.

(UOL)