Se quiser o benefício da delação premiada, Palocci terá que delatar Lula

O ex-ministro Antonio Palocci tem oscilado em relação a Lula. Embora tenha preservado o ex-presidente em seu depoimento ao juiz Sergio Moro, na semana passada, ele já estaria convencido de que dificilmente fechará uma delação premiada sem envolver diretamente o ex-presidente.




Palocci só preservou Lula no depoimento da semana passada “a duras penas”, segundo uma pessoa de seu círculo próximo.

Mônica Bergamo, em sua coluna na Folha de São Paulo.