Sargento da Polícia Militar de SP mata boi que fugiu de frigorífico

Ao invés de chamar a polícia quando uma animal foge do frigorífico, chame entidades competentes para o caso – como as ONGs de proteção aos animais.

Se a polícia brasileira é a que mais mata humanos no mundo, imagina o que os seus membros não podem fazer com um boi, por exemplo.

Várias ocorrências desse tipo já foram registrados no país, uma delas foi relatada em jornal do interior de SP, em 2015, quando uma boiada escapou de um frigorífico em São José do Rio Preto, todos os animais foram resgatados adequadamente e sem violência.


Leia mais