Pugilista agradece ao governo de Dilma Rousseff e ao trabalho do ministério do Esporte

Rio 2016 – Após ser derrotada pela pugilista Li Qian nas quartas de final do boxe feminino, Andreia Bandeira concedeu uma entrevista ao SporTV agradecendo ao “governo anterior” e ao incentivo que os atletas receberam do ministério do Esporte.

“Agradeço ao antigo governo que incentivou o esporte. Ser esportista no Brasil é difícil, mas tivemos muito incentivo pelo Ministério do Esporte”, disse a pugilista brasileira.

O ministério do Esporte escapou por pouco da reforma ministerial de Temer em abril. A cúpula do governo interino desistiu da extinção devido à proximidade da Olimpíada do Rio. A extinção da pasta voltará a ser discutida em setembro ou outubro.