Alguns dirigentes do PT discutem medida que pode retirar Lula do partido; Geraldo Alckmin comemora

Segundo a jornalista Natuza Nery, no Painel, alguns dirigentes do PT passaram a defender que a legenda expulse os condenados pela Justiça como passo para a renovação do partido. A medida é rechaçada por aliados do Lula.

E se o ex-presidente for condenado de maneira arbitrária – como aconteceu com José Dirceu na Ação Penal 470?




A medida não deve prosperar. Seria dar um tiro no pé, já que o partido está na mira das arbitrariedades.

Enquanto os próprios membros prejudicam o PT, Geraldo Alckmin, o ‘Santo’ da Odebrecht – segundo uma revista -, segue firme e forte para 2018, já que seu partido, e ele próprio, parecem gozar de uma ‘imunidade’ perante à justiça brasileira.


Leia mais