Psicóloga recusa ser homenageada na Câmara; convite foi feito por um deputado tucano

A psicóloga Telma Noleto foi convidada a receber uma homenagem pelo dia do psicólogo na Câmara dos Deputados. A recusa se deve ao fato do convite ter sido feito por um deputado do PSDB.

“Infelizmente não pude aceitar participar da homenagem porque a iniciativa é de um deputado do PSDB, e eu me nego a compactuar com qualquer ação de golpista”, afirmou.

Telma trabalha no hospital Araújo Jorge, em Goiânia-GO. Segundo a psicóloga, um familiar de um paciente do hospital foi quem a indicou para a homenagem.

“Agradeço de todo coração pela indicação de um familiar de paciente por mim atendido no hospital Araújo Jorge, porque esse é o maior e melhor reconhecimento que eu poderia receber”, disse.


Leia mais