Presidente nacional do PSB declara apoio a Marcelo Freixo

O presidente do PSB, Carlos Siqueira, anunciou nesta segunda (4) apoio a Marcelo Freixo, candidato do PSOL à Prefeitura do Rio de Janeiro, no segundo turno contra Marcelo Crivella (PRB). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do PSB.

No entanto, ainda não há decisão sobre o apoio do partido como um todo à candidatura de Freixo. Siqueira deve conversar esta terça (4) com o deputado federal Hugo Leal (PSB-RJ), presidente estadual da legenda e candidato a vice-prefeito do Rio na chapa de Indio da Costa (PSD). O presidente da executiva municipal do PSB, Paulo Senra, também participará das discussões.




O anúncio de Siqueira é mais um capítulo das brigas entre a direção nacional do partido e o senador Romário (PSB-RJ). O ex-jogador de futebol chegou a ser pré-candidato a prefeito, mas não quis disputar o cargo e acabou destituído da presidência do partido no Rio por decisão de Siqueira. No fim de setembro, em plena campanha eleitoral, Romário aprofundou o embate com a direção nacional do PSB ao anunciar apoio a Crivella.

O candidato do PRB, por sua vez, entrou em contato nesta segunda com Carlos Osorio (PSDB) e com o presidente licenciado do PSD e ministro da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações, Gilberto Kassab. Já Freixo recebeu o apoio de Jandira Feghali (PCdoB) e Alessandro Molon (Rede) ainda no domingo. Flávio Bolsonaro (PSC) não anunciou apoio, mas já declarou oposição ao candidato do PSOL. O PMDB de Pedro Paulo e do prefeito Eduardo Paes ainda mantém o silêncio sobre sua posição, mas o candidato derrotado já sinalizou que vê “extrema incompatibilidade as duas candidaturas que foram para o segundo turno”.

Na eleição deste domingo (2), Crivella teve 27,78% dos votos válidos, contra 18,26% de Freixo. Pedro Paulo foi o terceiro, com 16,12%, seguido por Bolsonaro (14%), Indio (8,99%) e Osorio (8,62%). Jandira teve 3,34% e Molon, 1,43%.

(Bernardo Barbosa – UOL)