Presidente da Câmara desconversa sobre a cassação de Cunha

Em uma tentativa de reforçar a pressão sobre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deputados da oposição se reuniram há pouco com o parlamentar para pedir que ele marque a votação da cassação do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a próxima semana.

Segundo o líder do PSOL, Ivan Valente (SP), Maia não quis se “comprometer” e disse que está sofrendo “contrapressão” de aliados. Ainda de acordo com Valente, o presidente da Casa afirmou que ele depende do apoio da base para votar matérias importantes para o governo do presidente em exercício, Michel Temer.

Aliado da presidente afastada Dilma Rousseff, o deputado Silvio Costa (PTdoB-PE) afirmou que a oposição vai se reunir amanhã pela manhã para discutir a pauta de votações. Costa pretende propor que o grupo contrário a Temer entre em obstrução total até que Maia coloque a cassação de Cunha na pauta do plenário

(Estadão)