Por ser legalista, Katia Abreu será expulsa do PMDB após o impeachment

Segundo informou Roseann Kennedy, o PMDB expulsará a senadora Kátia Abreu da sigla logo após o fim do impeachment, quando marcará reunião da executiva. 

A jornalista ainda relata que o motivo da expulsão se deve à críticas da ex-ministra da Agricultura ao processo de impeachment a ao próprio PMDB.

“Kátia Abreu é amiga pessoal da presidenta eleita Dilma Rousseff, ela foi testemunha de defesa da petista e adotou discurso de que o impeachment é uma farsa”, informou Kennedy.

Devido ao comportamento legalista da senadora, a expulsão do partido será um “troféu” para ela.

Em abril, algumas legendas procuraram Kátia, mas a senadora preferiu permanecer no partido de Michel Temer.


Leia mais