Polícia encontra armas em barracas de grupos pró-impeachment; ninguém foi preso

Democratize – Durante protesto contra o impeachment nesta segunda-feira (29), pessoas que estavam acampadas em frente ao prédio da Fiesp entraram em confronto com manifestantes anti-Temer. O acampamento, que continua no local desde o mês de março deste ano, é conhecido por seus frequentadores pró-intervenção militar.



Em mais uma manifestação anti-Temer neste terça (30), nossos repórteres denunciaram para a PM as agressões e as armas brancas utilizadas por aquele grupo.

Após pressão, policiais entraram no acampamento e encontraram diversas armas brancas, que vão de pedaços de madeira e ferro até facas.

Apesar de ser um padrão policial deter manifestantes black bloc por portar pedras e outras armas brancas durante protestos, a mesma prática não foi repetida pela PM contra os pró-intervenção. As armas foram apenas recolhidas.

Em junho de 2013, foram dezenas de pessoas presas por portar “vinagre”. O caso mais grave foi o de Rafael Braga, que foi detido no Rio de Janeiro por ter uma garrafa de Pinho Sol em sua bolsa.

(Foto: Daniel Fuentes – Democratize)


Leia mais