Pensando em 2018 ou 2017, Alckmin emprestará bombas do sistema Cantareira ao estados da Paraíba e Pernambuco

Possível candidato a presidente em 2018, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), fez novo gesto político ao emprestar bombas do sistema Cantareira para mitigar a seca no Nordeste.

Em cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, nesta segunda-feira (26), o tucano assinou termo de cessão dos equipamentos para a Paraíba e Pernambuco, com discurso nacionalizado.

“É uma oportunidade de retribuirmos aos nordestinos, que tanto que contribuíram para o desenvolvimento de São Paulo”, discursou. “O Brasil é um país muito grande, continental. Não podemos ser unitários. Nós temos de fortalecer a federação.”




Pernambuco e Paraíba são comandados pelo PSB, sigla do vice de Alckmin, Márcio França, e que cobiça a sua filiação para lançá-lo candidato a presidente.

A jornalistas, o tucano disse que o convênio “não tem nenhuma relação” com a questão eleitoral. “Se os governadores fossem do PT, do PP, de qualquer partido, nós iríamos colaborar do mesmo jeito”, respondeu Alckmin.

Representando o governador de Pernambuco, o presidente da companhia de saneamento do Estado, Roberto Tavares, fez menção velada a seu projeto nacional.

“Quem sabe, no futuro, [Alckmin] possa enfrentar mais de perto esses problemas”, disse. Alckmin, que sorria, não alterou o semblante.

Leia mais na Folha de São Paulo.