Pedro Paulo (PMDB) pode ter candidatura cassada devido a vídeo em que Paes manda uma moradora “trepar muito”

Depois de um vídeo em que o prefeito Eduardo Paes e o candidato à Prefeitura do Rio Pedro Paulo (PMDB) aparecem inaugurando um apartamento e entregando a chave a uma moradora, a Justiça Eleitoral decidiu notificar os políticos para descobrir quando a situação aconteceu. De acordo com o TRE (Tribunal Regional Eleitoral), nenhuma inauguração pode ter sido feita depois de 2 de junho. Em nota, o prefeito Eduardo Paes disse que o vídeo foi feito em maio de 2015, fora do período eleitoral.

No vídeo, Paes aparece mandando uma moradora “trepar muito” durante a entrega de moradias populares pela Prefeitura do Rio. O vídeo com a sugestão do prefeito viralizou nas redes sociais e causou polêmica entre internautas.




Para o TRE, a investigação não se trata de uma questão moral e não se refere ao comportamento do prefeito. Se considerado culpado, o candidato pode ter seu registro cassado.

No vídeo, a mulher comemora após receber as chaves do prefeito. Paes entra no imóvel e dispara: “vai trepar muito nesse quartinho”, dirigindo-se à nova moradora. Em seguida, Paes pergunta a Rita se ela é casada e prossegue com as piadinhas. “Vai trazer muitos namorados pra cá. Rita, faz muito sexo aqui, Rita”, aconselha o prefeito.

Ao deixarem o apartamento, ainda sob as câmeras, Paes se dirige à pequena multidão lá fora, abraçado a Rita: “Ela disse que vai fazer muito canguru perneta aqui. Tá liberado. A senha primeiro…”. No que a moradora responde: “Vou fechar a minha porta”.

Ao fim da gravação, Paes ordena ao cinegrafista: “Corta, hein”, referindo-se às piadas com a moradora. Procurada pela reportagem, a assessoria do prefeito informou que não comentaria o assunto.

(R7)