Deputados vão à OEA para paralizar o impeachment de Dilma

Parlamentares do PT decidiram recorrer à Comissão de Direitos Humanos da OEA (Organização dos Estados Americanos) para tentar paralisar o processo de impeachment de Dilma Rousseff.

A petição será assinada pelos deputados Paulo Teixeira (PT-SP), Paulo Pimenta (PT-RS) e Wadih Damous (PT-RJ).

A presidente afastada também deve assinar o documento, como vítima.

Eles devem alegar que a petista não responde a processo criminal e que não há lei anterior que defina como crime a conduta dela nos casos da pedalada.

Para justificar o pedido de ajuda a um organismo internacional, eles vão dizer também que o judiciário brasileiro lavou as mãos sobre o caso, eximindo-se de decidir sobre requerimentos apresentados pela defesa de Dilma para não se imiscuir em assuntos do legislativo brasileiro, que julga a presidente.

“O STF [Supremo Tribunal Federal] se calou diante do assunto”, afirma um parlamentar que participou da discussão sobre a elaboração do documento.

(Mônica Bergamo – Folha de São Paulo)


Leia mais