Pai mata o filho e comete suicídio por ódio a movimentos sociais, e há quem culpe o filho

ignorante




Luciana Oliveira: A tragédia chocou o país pela motivação: a intolerância do pai. O idoso de 60 anos matou a tiros o filho, de 20, e depois se matou.

“Eles tinham um conflito familiar. O pai não aceitava o envolvimento do filho em movimentos sociais”, disse o delegado Hellyton de Carvalho.


Leia mais