Pai do jogador Felipe da Chapecoense recusa encontro com Michel Temer

Em entrevista ao Mundo ESPN – o pai do zagueiro Felipe, da Chapecoense, morto em acidente aéreo que matou 71 pessoas – disse que não se encontrará com Temer no aeroporto.

“Eu não vou no aeroporto, porque eu acho, assim, um desrespeito muito grande a essas pessoas. Se ele quiser, que venha aqui”, disse o pai de Felipe.




Ele ainda criticou o fato de Temer ter o convidado para encontrá-lo no aeroporto.

“Se ele tem vergonha a cara, ele quem venha cumprimentar as pessoas no estádio”, afirmou.

Ele ainda questionou se Temer está com medo de vaias e falou que as pessoas que estarão no estádio são muito mais importantes.

“Ele é presidente do Brasil, e só”, disse.