Sob ordem de Moro, empresa de auditoria PwC diz que Lula não participou do esquema da Petrobras

Cumprindo ordens do Juiz Sérgio Moro, a PricewaterhouseCoopers, renomada empresa de auditoria independente, apresentou expediente, nesta segunda (24), para informar que durante a realização de auditoria na Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, não foram identificados e nem trazidos ao conhecimento atos de corrupção ou atos ilícitos com a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.




Em outras ações penais, advogados de Lula já pediram a juntada de relatórios de auditoria realizado pelas empresas ERNEST&YOUNG, KPMG e a própria PRICEWATERHOUSECOOPERS, que jamais indicaram em seus relatórios de auditoria qualquer ato ilícito, muito menos envolvendo o ex-Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia o documento no Hasta Siempre.