OAB cobra explicações do Governo sobre Curso de Intervenções Estratégicas em Movimentos Sociais

OAB encaminha ofício ao Secretário Estadual de Segurança Pública externar a preocupação com um curso divulgado nas mídias sociais, supostamente realizado pela Polícia Militar do Estado do Pará, de nome “I Curso de Intervenções Estratégicas em Movimentos Sociais”.

No documento, assinado pelo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Pará, Alberto Campos, e subscrito por dezenas de orgão representantes dos movimentos sociais, estaduais e nacionais, a OAB cobra explicações do Conselho Estadual de Segurança Pública sobre os objetivos do curso e a suspensão das inscrições. “Ficaremos vigilantes para, se for o caso, denunciar a outros organismos nacionais e internacionais para que esse tipo de ações não reforce um processo de criminalização e violência contra os movimentos sociais, violando convenções e tratados internacionais, que garantem a liberdade de expressão e manifestação.”

Leia a íntegra do documento.

(OAB-PA)