O palpite óbvio de Lauro Jardim: Janot pode sofrer retaliação após o fim do mandato

O jornalista Lauro Jardim publicou hoje (25), em sua coluna no jornal O Globo, que Rodrigo Janot foi alertado por um amigo que parlamentares alvos de suas ações na PGR preparam uma ofensiva jurídica contra o procurador-geral da República.




A ação ocorreria após o fim do mandato de Janot, que finda em setembro desse ano.

É óbvio que Rodrigo Janot sofrerá retaliação. A liberdade e independência à PGR garantidas pela presidenta eleita Dilma Rousseff permitiram um volume grande de acusações à diversos políticos.

Qual foi um dos objetivos do impeachment sem crime de responsabilidade?  Isso mesmo, “estancar a sangria”.