O nazismo era de esquerda, por Roberto Ponciano

O nazismo era, sem dúvidas, de esquerda.

Por esta razão Hitler proibiu o Partido Comunista e o Social Democrata Alemão, prendeu e matou socialistas e comunistas, invadiu a URSS e exterminou 27 milhões de soviéticos.




E prova maior que era socialista é que se aliou à IBM, Ford, Siemens, Volkswagen, todas empresas claramente socialistas e os junkers ganharam milhões com as fábricas tocadas por escravos do regime.

Prova maior ainda que Hitler era comunista é que ele proibiu a leitura de Marx, Engels, Rosa, Kautsky, Rosa Luxemburgo, Freud, Bakhunin e mandou queimar os livros em praça pública e prender quem os portasse.

Com tantas provas inelutáveis do DNA comunista de Hitler, como alguém pode ainda pensar que ele era de extrema direita, aliado dos banqueiros e industriais alemães e com conexões com a Ford e a IBM, por exemplo?

Roberto Ponciano é membro do Instituto de Formação Humana e Educação Popular (IFHEP).