O enfraquecimento da PF faz parte do golpe: acabaram as tornozeleiras eletrônicas

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, mandou soltar Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), mediante o uso de tornozeleira eletrônica, nesta sexta-feira (30).




A Polícia Federal, no entanto, divulgou uma nota na qual informou que não havia mais o equipamento disponível em Brasília. Uma tornozeleira foi cedida pelo estado de Goiás e somente estará disponível para uso do deputado neste sábado (1º).

A defesa de Loures havia informado que pediria ao STF para o ex-deputado ser solto ainda nesta sexta, mesmo sem a tornozeleira, para não dormir mais uma noite na prisão.

Posteriormente, porém, o advogado Cezar Bittencourt informou que irá aguardar a chegada do equipamento e respeitará o prazo estimado pela PF.

O ex-deputado, pela decisão de Edson Fachin, deverá permanecer em casa à noite (de 20h às 6h), nos finais de semana e em feriados.

Via Fórum