Início Colunas O Conto de Tábata

O Conto de Tábata

Demorei muito tempo para escrever sobre a postura da Dep. Tábata Amaral em relação à votação na Reforma de Previdência. Vários foram os motivos, mas destaco os seguintes: não querer dar ibope; observar o seu comportamento nas votações do segundo turno; E o posicionamento do PDT.

O voto a favor da reforma surpreendeu boa parte da esquerda – eu digo boa parte porque eu não me coloco nesse bolo – Triste mais uma vez ver que a esquerda se sentiu enganada”, “traída”…(”que dó da formiguinha”), pelo jeito não aprendemos nada com o golpe de 2016.

“Mi, mi, mi” à parte, Tábata Amaral é cria do bilionário Jorge Paulo Lehman, a 29ª pessoa mais rica do mundo e o primeiro do Brasil, com uma fortuna estimada de US$ 27,4 bilhões.(fonte: https://www.sunoresearch.com.br/tudo-sobre/jorge-paulo-lemann/), estranho achar que ela estaria do lado dos trabalhadores.

Não é difícil de entender que nosso país sempre foi refém de uma burguesia pseudo-nacionalista e do capital especulativo. Será que os anos de estudos de Tábata em Harvard não moldaram o espírito “America Dream” ou o “American Way of Life” em suas convicções (já estou com raiva dessa palavra)? Ou será que ela não precisaria votar de acordo com as convicções de Lehman, seu financiador. Então com todo respeito àqueles que foram iludidos com o discurso de Tábata, para ser bem sincero, não daria para esperar um voto dela contra essa reforma somente pelo fato dela ter sido pobre. Santa inocência de quem acreditou!!!!!!

O PDT ficou “chateadinho”, e Ciro Gomes ameaçou expulsá-la do partido, no entanto todos nós sabemos que cão que ladra dificilmente irá morder. Não acredito que Tábata se manterá no partido, mas a escolha de sair ou não será dela.

E por fim, ao saber que o governo tirou R$ 1 bilhão de reais da educação para pagar deputados pela Reforma da Previdência, coloca em xeque todo o discurso de Tábata em defesa da educação. As máscaras começam a cair.

Saudades de Leonel Brizola.

Wallace Ouverney
Diretor da Secretaria de Formação Politica do Sindipetro-ES desde 2015, Diretor Estadual CTB-ES e membro da Associação Cultural José Martí(ACJM/ES). 

 

 

 

 

 

 

 


Leia também

LGBTFOBIA, temos que dar um basta!!!!!!

Parece que o preconceito e a violência contras as pessoas LGBT não tem fim, uma vez eu ouv…