Movimentos marcam protestos por ‘Diretas Já!’ dias 8 e 11 de setembro

Após o ato do último dia 4, que levou mais de cem mil pessoas às ruas contra o governo ilegítimo de Michel Temer, lideranças do movimento social e sindical, reunidas em plenária da Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo, definiram nesta terça-feira (6) a data das próximas manifestações populares.

Nesta quinta-feira (8), um ato se concentrará no Largo da Batata a partir das 17 horas, e no domingo (11), a defesa da democracia, das novas eleições e do Fora Temer acontecerá novamente na avenida Paulista, a partir das 15h. 

O percurso da primeira passeata, nesta quinta (8), será em direção à casa de Michel Temer, no alto de Pinheiros, zona oeste de São Paulo, conforme informou o coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos.




As bandeiras da manifestação são Fora Temer!, Diretas Já! e Contra a repressão!, em referência à violenta ação da Polícia Militar de São Paulo contra os manifestantes, com prisões arbitrárias e ferimentos graves.

Para o presidente da CTB, Adilson Araújo, o povo não sairá das ruas enquanto Temer e a “sinistra quadrilha de golpistas que assaltou o Palácio do Planalto” não for afastada do poder. Ele também defende que a soberania popular decida os rumos do país através de eleições diretas.

“Ao contrário do que cinicamente propaga, seu governo ilegítimo, embora tenha o apoio da burguesia e do imperialismo, não significa pacificação nacional, mas radicalização da luta política. A pacificação nacional só será alcançada quando o povo reconquistar o sagrado direito de definir o destino do país através do voto”, afirma.

(Portal CTB)