Mônica Bergamo comete gafe em entrevista com Fernando Haddad ao dizer que não há desemprego nos EUA

Mônica Bergamo entrevistou o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, dias antes da eleição de Donald Trump. A jornalista conversou com o petista sobre o avanço a ‘onda conservadora’ no mundo, crise mundial, futuro do PT e os rumos da economia.




Após uma resposta do prefeito sobre a reação da classe tralhadora em prol de Donald Trump, Bergamo fez a seguinte afirmação: ‘Nos EUA não há desemprego, por exemplo. Ao contrário’. Elegantemente, Haddad considerou a afirmação como correta e comentou a afirmação com base na precarização do trabalho no país norte-americano.

A taxa atual de desemprego nos Estados Unidos é de 5%, e as leis trabalhistas são mais flexíveis se comparadas às regras do Brasil.

Conhecida pela credibilidade e por ser bem informada, Mônica Bergamo – com certeza – cometeu um pequeno deslize ao fazer tal afirmação durante a entrevista.


Leia mais