Início Notícias Ministros do STF querem discutir prisão depois de condenação em segunda instância

Ministros do STF querem discutir prisão depois de condenação em segunda instância

Ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) contrários à prisão depois da condenação em 2ª instância discutiam a possibilidade de um deles levantar questão de ordem pedindo a Cármen Lúcia que faça votação para decidir se o tema entra em pauta.




O problema é que nenhum dos magistrados se mostrava disposto, até a quarta-feira (14), a assumir o protagonismo no processo.

Ministros acreditam que Edson Fachin, relator do caso de Lula, já avançou o máximo possível para levar o habeas corpus a votação: pediu que ele seja colocado em pauta e já distribuiu o relatório, dando acesso a todos os ministros. Seria até mais do que levar um caso “em mesa”.

Mônica Bergamo – Folha de São Paulo


Leia também

MP-SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade administrativa

Ministério Público de São Paulo abriu nesta sexta-feira (20) um inquérito civil para inves…