Início Notícias Ministro do STF diz que prisão foi muito rápida e que não agiu ainda por não ter sido acionado

Ministro do STF diz que prisão foi muito rápida e que não agiu ainda por não ter sido acionado

Em entrevista por telefone ao DCM, o ministro do STF Marco Aurélio Mello disse que vê a prisão do ex-presidente Lula com muita preocupação. Ele voltou a dizer que os tempos são muito estranhos – como disse em outras entrevistas.

Questionado se faria algo com relação à decisão de Moro, o ministro disse que precisa ser acionado pela defesa para tomar alguma medida.

“Nada chegou até mim que eu pudesse decidir agora”, disse.


Leia também

MP-SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade administrativa

Ministério Público de São Paulo abriu nesta sexta-feira (20) um inquérito civil para inves…