Início Destaques Ministro do STF coloca Sergio Moro em seu devido lugar

Ministro do STF coloca Sergio Moro em seu devido lugar

O juiz Sérgio Moro, de primeira instância, citou ministros do Supremo Tribunal Federal em despacho que decretou a prisão do empreiteiro Gerson Almada, da Engevix. Ainda no mesmo documento, o magistrado disse que uma eventual alteração no entendimento da Corte sobre prisão após condenação em segunda instância seria desastrosa.





“Espera-se, enfim, que a jurisprudência que nos permitiu avançar tanto e que é legado do ministro Teori Zavascki não seja revista, máxime por uma Corte com o prestígio do Supremo Tribunal Federal e por renomados ministros como Rosa Weber, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski”, diz um trecho do despacho de Moro.

O ministro Marco Aurélio de Melo deu uma resposta que coloca o juiz de primeira instância em seu devido lugar: “Tempos estranhos. Juiz de primeiro grau fazendo apelo a ministro do Supremo.”

As informações são do jornal O Globo.

Comentário do Debate Progressista:

Os tempos são, de fato, estranhos. Mas o principal culpado dessa justiça às avessas é o próprio STF, que não cumpriu o papel de proteger a Constituição de 1988, tanto que o país vive num Estado de Exceção desde 2016.

Os tempo são estranhos, mas tudo o que tem ocorrido até agora era mais do que esperado.


Leia também

MP-SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade administrativa

Ministério Público de São Paulo abriu nesta sexta-feira (20) um inquérito civil para inves…