Ministra chama José Serra de corrupto

A ministra das Relações Exteriores da Venezuela, Delcy Rodríguez, chamou nesta quinta-feira (9) seu colega brasileiro, José Serra, de corrupto e o criticou por ter recebido o presidente da Assembleia Nacional, Julio Borges.

Em uma rede social, Rodríguez referiu-se ao brasileiro como “chanceler de facto” e considerou ilegítima a reunião com o líder do Legislativo, que faz a oposição ao presidente Nicolás Maduro assim como a maioria da Casa.




“O chanceler de facto é acusado de graves delitos de corrupção e se intromete em assuntos internos da Venezuela. Golpistas não poderão com nosso povo!”, disse a ministra, em referência às acusações contra o tucano na Operação Lava-Jato.

Ela ainda chamou Borges de “usurpador de funções” por considerar que só o governo tem o direito de representar o país no exterior. “O senhor Julio Borges, envolvido em delitos contra a ordem constitucional da Venezuela, ostenta amizades corruptas.”

Leia mais no Valor Econômico.


Leia mais