Ministério Público vê ‘risco concreto’ da esposa de Eduardo Cunha fugir do país

Ministério Público Federal acabou de se manifestar contrário à devolução do passaporte de Cláudia Cruz.

De acordo com o MPF, existe “real possibilidade” dela e de seus familiares manterem outras contas bancárias no exterior e, além disso, há o “risco concreto de eventual fuga e utilização de ativos secretos ainda não bloqueados”, caso o passaporte seja devolvido.

A defesa de Cruz pleiteou junto ao juiz Sergio Moro a devolução do documento alegando “desnecessidade de manutenção da medida”. O MPF, entretanto, discordou.

(Radar Online)