Militante da Rede é ameaçado após protestar contra aliança com partido de Bolsonaro

Um militante da Rede, de Marina Silva, diz que foi ameaçado por telefone após protestar contra a aliança do partido em Guarulhos com o PSC dos deputados Jair Bolsonaro e Marco Feliciano. Sandro Nicodemo, de Santo André, afirma que as pessoas se identificaram como “advogados de Guarulhos”. Disseram que estavam “de olho” para processá-lo “se cometesse deslizes”.

“Ele fez bem em registrar o fato. Agora precisa fazer denúncia por escrito para que a Rede possa dar início a uma investigação”, diz Andreia Gouveia Viera, coordenadora de comunicação da executiva nacional do partido.

Mônica Bergamo/Folha