Membro do Conselho Federal de Administração faz comentário racista contra a goleira da seleção brasileira

A postagem do membro do Conselho Federal de Administração (CFA) Marcos Clay em uma rede social gerou polêmica no Acre. Ele usou uma foto da goleira da Seleção Brasileira feminina, Bárbara Micheline do Monte Barbosa, e comentou: “Eu odeio preto, mas essa goleira do Brasil tinha chance”.

ministros-do-governo-temer-michel-temer-e-o-senador-blairo-maggi-o-rei-da-soja-r-cunha-vpr

Ao G1, Clay, que é conselheiro federal, se defendeu e disse que tudo “não passou de uma brincadeira”.

“Foi uma brincadeira de mau gosto, até já tirei o post. Uma brincadeira que infelizmente algumas pessoas se ofenderam, mas não era minha intenção. Tanto é que minha esposa é negra, todo mundo sabe disso. Quem me conhece sabe que eu não sou racista, tenho vários amigos que são negros, não tenho problema com isso”, afirmou Clay.

A publicação do conselheiro, nesta sexta-feira (12), causou reação imediata de internautas que repudiaram o teor da mensagem. Clay excluiu a publicação ainda na sexta, e afirmou que preferiu retirar o post a pedido da mulher, por conta da grande repercussão.

“Uma pessoa pegou meu post e republicou dando uma conotação de racismo. Deve ter alguma coisa contra mim. Já fiz uma retratação dizendo que era uma brincadeira. O povo de hoje está muito melindrado, ninguém pode mais falar nada nas redes sociais que vira polêmica. Não ofendi ninguém diretamente, não citei o nome de ninguém. Tudo bem que foi um comentário infeliz”, finaliza Clay.

(G1)

**

Obervação: Não há defesa para um comentário cristalino.