Temer antecipa volta ao Brasil devido à prisão de Eduardo Cunha

Michel Temer antecipou sua volta ao Brasil – que estava prevista para quinta-feira (20). Ele estava no Japão para participar de uma série de encontros com empresários e autoridades.

Segundo informações do G1, o Planalto não explicou o motivo da antecipação da volta de Temer ao Brasil.

Mas o motivo é óbvio.




O “eterno decorativo” voltou ao Brasil devido à prisão de seu “braço direito”, Eduardo Cunha.

Temer teme ser atingido pela iminente delação do ex-presidente da Câmara – que já contratou advogado especializado no assunto.

Não é preciso o Planalto emitir nota, tampouco a grande mídia dizer que Temer voltou ao Brasil antes do previsto por medo.

A prisão de Eduardo Cunha estava prevista pelos “arquitetos” do Golpe de 2016. Sendo assim, Cunha comprometerá Michel Temer – que não escapará de um processo de impeachment no ano que vem. Tudo calculado para o PSDB assumir o Planalto via eleição indireta.


Leia mais