Líder do MBL ‘perde parafuso’ (se é que tem algum) e agride bancários ao ver saldo em conta corrente

Via Esmael Morais:


A maré não está para peixe nem para os grã-finos de Curitiba, pois, conforme vídeo que circula nas redes sociais, o empresário Percy Tiemann surtou ao saber que seu saldo estaria negativo. Sobrou para os pobres bancários, trabalhadores, que sofreram agressão do líder senil no MBL — braço fascista do movimento que lutou pelo impeachment de Dilma Rousseff.

Tiemann financiou parte da campanha pelo Fora Dilma no Paraná e no Brasil. Ele já foi notícia aqui no Blog do Esmael em junho de 2015, quando foi flagrado batendo palmas para a corrupção no governo Beto Richa (PSDB).





Como castigo vem a cavalo, parece que Tiemann quebrou no pós-impeachment. Com o saldo negativo no banco, agrediu os bancários — como se depreende no vídeo.O entrevero ocorreu numa agência bancária dentro de um movimentado shopping na capital paranaense.Um jurista ouvido pelo Blog do Esmael, neste domingo (23), disse que “o empresário do MBL também pode ser processado pela evidente agressão à concordância verbal”.

Em tempo: O MBL, em conluio com Richa, agora prepare-se para agredir estudantes e professores que lutam contra o desmonte da educação; o tucano tem recebido esse grupo fascista constantemente em Palácio Iguaçu.


Leia mais