Início Destaques João Doria (PSDB-SP) fecha hotel onde se atendia dependentes químicos

João Doria (PSDB-SP) fecha hotel onde se atendia dependentes químicos

A Prefeitura de São Paulo fechou nesta sexta-feira, 26, o atendimento de um dos sete hotéis que participam do De Braços Abertos (DBA), programa voltado a dependentes químicos criado na gestão Fernando Haddad (PT). A ação começou por volta das 7 horas no Hotel Santa Maria, localizado na Alameda Barão de Limeira, na Santa Cecília, região central da cidade.  




A reportagem do Estado acompanhou a retirada dos moradores. Um deles, que se identificou apenas como Daniel, ao deixar o local disse que iria para o “fluxo” da Cracolândia, que reunia centenas de usuários no início desta manhã nas imediações da Praça Julio Prestes, no Campos Elísios

Das 28 moradores, 11 ainda não tinham destino definido até o fim desta manhã, dos quais três se recusaram a receber atendimento e oito não estavam presentes no início da desocupação. Outros 15 homens foram encaminhados para os Centros Temporários de Acolhida (CTA) Prates, no centro, e Santana, na região norte, enquanto dois se mudaram para o Hotel Parque Dom Pedro, também do DBA.  

“Não houve nenhum encaminhando da Prefeitura para outro hotel. Esse deslocamento foi feito pelo próprio usuário, que tem livre circulação e optou por se dirigir a esse hotel”, comentou o chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, José Castro, que coordenou a operação.

Os moradores foram avisados do fechamento “no início da semana”, de acordo com Castro. Já os funcionários que atuavam no local teriam sido demitidos pelo Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (IABAS), responsável por gerir o espaço. “Em 2016, o IABAS herdou o gerenciamento do Hotel Santa Maria quando o local já apresentava problemas estruturais e sociais crônicos, o que contribuiu para o processo de deterioração do espaço”, informou por meio de nota.

Leia mais no Estado de São Paulo.


Leia também

MP-SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade administrativa

Ministério Público de São Paulo abriu nesta sexta-feira (20) um inquérito civil para inves…