Já não há mais dúvidas de que Janot denunciará Michel Temer

Em parecer enviado ao Supremo Tribunal Federal sobre Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que não há dúvidas de que Temer cometeu crime de corrupção.




O chefe da Ministério Público ainda afirmou que a permanência de Temer no Palácio do Planalto contribuirá para os crimes de corrupção continuem.

Além disso, Janot afirmou que Temer fez uma confissão extrajudicial.

“Quando Michel Temer afirma que ‘não há crime, meus amigos, em ouvir reclamações e me livrar do interlocutor, indicando outra pessoa para ouvir as suas lamúrias’, reconhece que de fato indicou Rodrigo Loures a Joesley Batista”, escreveu Janot no parecer.

A primeira denúncia da PGR contra Temer ocorrerá a qualquer momento. A Câmara dos Deputados decidirá se o STF terá permissão para prosseguir com o processo em duas votações: uma na CCJ; outra, no plenário.