Justiça nega pedido do MPE-SP para que Alckmin fique inelegível por abuso nítido de poder na campanha de Doria

A Justiça Eleitoral negou o pedido do Ministério Público de inelegibilidade do governador Geraldo Alckmin (PSDB) por abuso de poder político em favor do tucano João Doria — durante a campanha eleitoral — e a cassação do prefeito eleito.




O promotor José Carlos Bonilha, autor da ação, apresentou recurso nesta quarta (16) ao Tribunal Regional Eleitoral. A perspectiva do Ministério Público, no entanto, é que o recurso também seja negado e que o processo acabe no TSE.

Via Natuza Nery – Painel


Leia mais