Início Destaques Inquérito contra Geraldo Alckmin (PSDB-SP) poderá ser transferido para Sérgio Moro

Inquérito contra Geraldo Alckmin (PSDB-SP) poderá ser transferido para Sérgio Moro

A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviará ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), nos próximos dias, um pedido para remeter à primeira instância as investigações e processos de governadores que se desincompatibilizaram do cargo para concorrer nas próximas eleições. Com a renúncia, eles perderam o foro especial e passam a ser investigados na primeira instância do Judiciário.



Um deles é Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo e pré-candidato à Presidência da República pelo PSDB. Ele é investigado na Operação Lava-Jato pela acusação, feita por delatores da Odebrecht, de ser destinatário de R$ 10,3 milhões pagos pelo Setor de Operações Estruturadas da empresa, em 2010 e 2014. Parte dos valores teria sido recebida pessoalmente pelo cunhado de Alckmin Adhemar César Ribeiro. O ex-governador nega as acusações.
Em novembro, a PGR pediu ao STJ a abertura de inquérito contra o ex-governador com base nos fatos narrados pelos delatores. O caso foi distribuído para a ministra do STJ Nancy Andrighi. Agora, o inquérito deve ser remetido à primeira instância do Judiciário em São Paulo.
Maíra Magro – Valor Econômico.


Leia também

MP-SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade administrativa

Ministério Público de São Paulo abriu nesta sexta-feira (20) um inquérito civil para inves…