Hotel de empresário que morreu com Teori já foi local de encontros para repasse de propinas, afirma delator

Na Operação Lava Jato, o hotel Emiliano, em São Paulo — cujo dono, Carlos Alberto Filgueiras, era também proprietário do avião que sofreu o acidente — aparece em depoimentos como local de encontro para conversas e repasses de propina.




Em delação, o dono da construtora UTC, Ricardo Pessoa, disse ter se reunido com Renan Calheiros no hotel, onde o presidente do Senado estava hospedado, para negociar doação à campanha do filho dele ao governo de Alagoas.

Natuza Nery – Painel