Início Destaques Hipócrita, sujeito que gravou tortura contra adolescente já esteve na prisão por roubar idosa

Hipócrita, sujeito que gravou tortura contra adolescente já esteve na prisão por roubar idosa

Ronildo Moreira de Araújo, que filmou o vizinho dele tatuando “eu sou ladrão e vacilão” na testa de um adolescente, foi preso em 2008 após roubar a bolsa de uma idosa e fugir de carro.




Ele foi pego em flagrante e condenado a 5 anos e 4 meses de prisão — que cumpriu nos regimes semiaberto e aberto.

À época, Araújo foi preso com outro comparsa, Wagner Jesus do Nascimento. O boletim de ocorrência registrado pelos policiais que atenderam a vítima e prenderam os suspeitos afirma que os dois admitiram ter cometido o crime.

No decorrer da ação judicial, porém, o rapaz mudou de versão e negou ter participado do roubo.

Na decisão de 2ª instância sobre o caso, a que o BuzzFeed Brasil teve acesso, os juízes dizem que Ronildo “admitiu que houve o crime, o qual presenciou, mas disse que ‘só’ deu carona ao corréu”.

Como já fazem mais de cinco anos desde que Araújo terminou de cumprir a pena, seus antecedentes criminais não influenciam numa eventual condenação por tortura no caso do adolescente.

Araújo foi preso novamente no último sábado (10) e levado ao Centro de Detenção Provisória de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, onde aconteceu o caso na sexta-feira (9).

Tanto ele como o tatuador Maycon Wesley Carvalho dos Reis estão separados dos outros presos por motivos de segurança.


Leia também

MP-SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade administrativa

Ministério Público de São Paulo abriu nesta sexta-feira (20) um inquérito civil para inves…