Início Destaques Governo Temer-PSDB incia o desmonte da indústria naval brasileira

Governo Temer-PSDB incia o desmonte da indústria naval brasileira

A Transpetro, subsidiária de logística da Petrobrás, quer se tornar mais enxuta, competitiva e buscar clientes para além de sua controladora. O plano foi explicitado nesta quinta-feira, 27, pelo presidente da subsidiária, Antonio Rubens Silva.

Uma das mudanças inclui abandonar a diretriz de contratar a construção de navios próprios com estaleiros nacionais, desfazendo a política dos governos do PT de usar a demanda da Petrobrás para impulsionar a indústria naval. “A Transpetro está estruturada para a busca de novas oportunidades no mercado. Estamos em processo acelerado de otimização de custos e gestão. A empresa está determinada a ser cada vez mais competitiva”, disse Silva, em palestra no último dia da feira Rio Oil & Gas. Segundo Silva, a empresa já está em “consultas e conversas” para “trazer bons negócios”.



Nesse quadro, o executivo informou nesta quinta-feria, 27, que a empresa cancelou a contratação de 17 navios previstos no Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef). Segundo Silva, são embarcações que nem começaram a ser construídas e todos os pedidos tiveram contratos rescindidos. O Promef era um dos principais programas da Transpetro sob a gestão de Sérgio Machado, ex-presidente da subsidiária e um dos delatores de caciques do PMDB na Operação Lava Jato.

Leia mais no Estado de São Paulo.


Leia também

Alckmin se comporta como santo ao falar de Aécio

He he he… Quem não riu ao ler a declaração de Geraldo Alckmin sobre Aécio Neves se tornar …