Governo Temer-PSDB faz o Brasil iniciar o ano com retração no PIB

O nível de atividade da economia brasileira iniciou o ano de 2017 em terreno negativo, segundo informações divulgadas nesta sexta-feira (31) pelo Banco Central.

O chamado Índice de Atividade Econômica do BC, o IBC-Br – um indicador criado para tentar antecipar o resultado do Produto Interno Bruto (PIB), que é divulgado pelo IBGE – teve queda de 0,26% em janeiro, na comparação com dezembro. O resultado foi calculado após ajuste sazonal (uma espécie de “compensação” para poder comparar períodos diferentes).




A retração de janeiro foi um pouco menor do que o registrado no mês anterior – quando o tombo foi de 0,32%. Janeiro foi o sétimo mês seguido de queda do nível de atividade, de acordo com o Banco Central. Em 2016, o indicador caiu em quase todos os meses, com exceção de abril (+0,06%) e junho (+0,30%).

O Produto Interno Bruto é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia. Em 2016, de acordo com o IBGE, o PIB recuou 3,6%, no segundo ano seguido de contração. Para 2017, a estimativa de analistas dos bancos, do governo e do Banco Central é de uma alta de cerca de 0,5%.

Leia mais no G1.