Golpistas alcançam objetivo: Petrobras inicia a venda do pré-sal

Causa Operária – Na madrugada da última sexta-feira (29), a Petrobras anunciou a venda de sua participação no campo de exploração de pré-sal Carcará para a Statoil Brasil Óleo e Gás, subsidiária brasileira da empresa norueguesa Statoil.

O que foi vendido corresponde a 66% da exploração do campo.

O campo faz parte do bloco exploratório BM-S-8, na Bacia de Santos e era operado pela Petrobras (66%), com a Petrogal Brasil S.A (14%), Queiroz Galvão Exploração e Produção S.A (10%) e Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás LTDA (10%).

No final do ano passado, a estatal anunciou que testes feitos no campo Carcará comprovaram alta produtividade na área.

Esse é o começo da entrega do patrimônio brasileiro para o imperialismo, principalmente norte-americano, que articulou o golpe de Estado contra o governo petista exatamente para tomar todo o patrimônio brasileiro.

A Conselho Administrativo da estatal já anunciou que irá vender a participação em vários campos de exploração.

A venda do pré-sal para o imperialismo é um duro ataque à economia brasileira.

A entrega do petróleo brasileiro faz parte do plano dos golpistas de submissão total ao imperialismo. Diante disso, é necessário construir uma ampla mobilização e uma greve geral para derrotar o golpe e a entrega do país para o imperialismo.