Gleisi Hoffmann: Mais um golpe contra a nossa democracia!

A denúncia contra o ex-presidente Lula, apresentada nesta quarta-feira pelo Ministério Público Federal (MPF), ataca o Estado Democrático de Direito e a inteligência dos cidadãos brasileiros. Não há acusação. Não há fatos, não há provas. 

O que existe é uma campanha midiática de difamação, permitida, se não dirigida, pelo Ministério Público. São meses de imputações falsas, absurdas e sem fundamento. O Ministério Público não poderia, nem deveria fazer tais acusações, por não estarem sustentadas nem em fatos, nem em provas. Contudo, o Ministério Público as faz por que escolheu o arbítrio e o abuso.

Que cada um assuma as responsabilidades. Esse indiciamento é uma violência exercida injustamente contra o ex-presidente para tentar impedir sua eleição em 2018. O que querem é a prisão preventiva de Lula para que ele não possa disputar as eleições.
Através de um golpe tiraram Dilma. Agora querem atingir a maior liderança política popular brasileira. Ou seja, vale tudo contra o PT.

Lula, Dona Marisa e todos os indiciados estão suportando essa inacreditável perseguição com extraordinária coragem. Sabemos o que tudo isso significa de sacrifício pessoal para Lula e todas as pessoas da sua família. Sabemos igualmente da dor de todos os seus amigos e aliados.

Em respeito ao Lula, em respeito aos cargos públicos que ele exerceu, em respeito a tudo que ele representa para o povo brasileiro,  considero esse indiciamento uma enorme e cruel injustiça. Nossa solidariedade ao Lula e sua família. E nosso repúdio a essa ação farsesca.


Leia mais