Gilmar Mendes abre processo para cassar o PT

 

Gilmar Mendes é relator das contas da campanha de Dilma Rousseff. Mesmo com os números julgados e aprovados pelo TSE em 2014, o  presidente do Tribunal Superior Eleitoral continua fazendo investigações.




Agora, nesta semana, ele deu entrada num pedido de cassação do Partido dos Trabalhadores. Segundo Gilmar, há indícios de que o PT foi financiado pela Petrobras nos últimos anos.

 “Aparentemente, o ciclo se completaria não somente com o efetivo financiamento das campanhas com dinheiro sujo, mas também com a conversão do capital em ativos aparentemente desvinculados de sua origem criminosa, podendo ser empregados, corno se lícitos fossem, em finalidades outras, até o momento não reveladas”, disse ele.

Por outro lado, a direção nacional do PT informou em nota, via assessoria de imprensa, que não há razão para se tentar cassar o registro da legenda. “O PT não tem conhecimento de nenhum pedido de cassação de seu registro e não vê motivos para a adoção desta medida, pois todas as suas operações financeiras são feitas dentro da legalidade”, disse o partido.

(Catraca Livre)


Leia mais